cuide sempre para ser bem vindo

Amigos... observo (de longe) na Europa uma grande resistência de algumas administrações de cidades, vilas, parques, etc e até de populações quanto e receber autocaravanas em seu território, gerando inclusive muitos protestos nos grupos de motorhomistas de lá. Por um lado existe o excesso de dureza mesmo, mas por outro os próprios usuários desse tipo de veículo podem dar causa a certos tipos de rejeição.

Hoje, após um período latente, o Brasil está redescobrindo o campismo, novos brasileiros estão se apaixonando por trailers, campers, motorhomes e se por um lado ainda dispomos de pouca infraestrutura receptiva, por outro ainda gozamos um bom nível de aceitação, que esperamos manter e até ampliar.

RESPEITE A LEI E AS REGRAS LOCAIS
Muitos locais tem regras bem específicas sobre o acesso, a circulação e a permanência de veículos. Observe atentamente a sinalização e na dúvida pergunte antes. E sempre tente se informar com antecedência sobre o regramento do local para onde está indo. Um sorriso, um "por favor", um "com licença"... abrem muitas portas, mas não mudam leis e regras e um pedido de desculpas, embora não pague multas, pode amenizar um mal estar. 

ACEITE QUE VOCÊ É UM INVASOR
Quando você chega em outra cidade, por mais hospitaleira que ela seja, você não deixa de ser um estranho, um forasteiro, alguém que vem de sabe-se lá onde para interferir no trânsito, na paisagem, nos costumes locais e sempre será visto por alguns com certa cautela e até repulsa; faça amigos, seja cortês, respeite as regras locais, pratique a boa educação que seus pais te deram, quer seja no trânsito, quer seja no convívio tête-a-tête com os nativos. Faça amigos, sempre!

ESTACIONAR NÃO É O MESMO QUE ACAMPAR
Muitos lugares na Europa permitem estacionar motorhome, mas proíbem "abrir o toldo", ou seja, pra um bom entendedor isso inclui colocar cadeiras na calçada, fazer churrasco, pendurar roupas na janela, etc, etc, etc. Quer "acampar"? Procure um local adequado. Quer apenas estacionar e dormir dentro do carro? Aí já é outra conversa. Em outros locais, inclusive aqui no Brasil, existem estacionamentos com restrição de horário e isso deve ser respeitado rigorosamente, pelo bem do caravanismo, para que todos nós possamos ser bem vistos e bem aceitos por onde quer que ousemos andar. Do jeito que está aumentando nossa frota, não vai demorar muito pra você começar a ver em nosso chão abençoado placas como essa da foto, proibindo o pernoite de sua casa rodante.

PEDIR SIM, SE APROPRIAR NUNCA
Se você pára em um posto de combustíveis e pede para encher seu reservatório de água, espetar um cabo de energia numa tomada pra recarregar baterias ou ver tevê, um lugar para esvaziar seu tanque de esgoto, é uma coisa. Mas, a menos que conheça o local ou haoa permissão expressa para isso, encostar o motorhome e ir se sentindo em casa, sem ao menos dizer "alô, eu posso?" é uma baita falta de bom senso. O mesmo funciona para estacionar, pernoitar! Muitos de nossos amigos caravanistas / campistas são super bem tratados em todo lugar por onde vão, porque conversam antes, se informam, pedem, pra só depois soltarem a âncora de sua nave.

BOAS PRÁTICAS ECOLÓGICAS
Antes de parar seu veículo ao lado de um bueiro ou na beira de uma estrada e descarregar a merda toda, pense não apenas no meio ambiente (deveria), mas também na péssima impressão e desconforto que isso vai causar. E tomara que você seja multado!!!

INTERFERÊNCIA NA VIDA LOCAL
Ninguém, mas ninguém mesmo, nem os maiores fãs de arrocha ou de batidão, gostam quando alguém que não seja do pedaço chegue chegando, com som alto, buzinando, "se aparecendo". Lugar de fincar bandeira é na Lua, no Everest... Vá lá.

PACIÊNCIA COM GENTE CHATA
Sempre vai aparecer algum pirralho pra aborrecer, um cidadão alcoolizado, uma velhinha faladeira (apenas para mencionar estereótipos), sempre vai ter um curioso - ou vários - querendo saber como você vive, como dorme, como come, como ca... deixa pra lá. Tenha paciência, conte para eles as coisas boas de ser um viajante, conte alguma dificuldade, mas procure ser cordial e sempre enaltecer seu estilo de vida, sem ser esnobe, mas provocando aquela vontadezinha nas pessoas de ser igual a você e dessa forma te receber bem.

EVITE AGLOMERAÇÃO DE MOTORHOMES
Em ruas de cidades pequenas é comum você poder encostar seu veículo ao lado de uma pracinha, em uma rua com espaço e pouco movimento, vai ter até gente achando chique a cidade receber visita "tão ilustre" de um viajante de motor-casa. Só que se param dois, três, quatro veículos amontoados, aí já começa aquele zunzunzum de "quem essa gente pensa que é?". Sem contar o risco de ser afetado em caso de um incêndio, que aumenta consideravelmente quando se está perto demais do foco.

E POR HOJE CHEGA
Poderia escrever horas, mas não abrangeria tudo o que é recomendável, nem seria por isso o dono da verdade e nem melhor que ninguém. Abraços.

Texto escrito originalmente no Facebook por 
Paulo Lopes em 31 de julho de 2015.

Imagens: Placas afixadas em São Sebastião de Ericeira, portugal - fonte das imagens: autocaravanismo.pt

grupo no facebook ultrapassa mil membros

Hoje passo aqui rapidamente para comemorar com vocês uma marca simbólica: o nosso grupo ONDE IR DE MOTORHOME na rede social Facebook acaba de ultrapassar o número de mil membros.

Criado para divulgar opções de viagem por terra no nosso amado Brasil e países vizinhos, o grupo reúne praticantes e simpatizantes de auto-caravanismo, que curtem a liberdade de estar em casa em qualquer lugar levando consigo suas casas sobre rodas, quer sejam motorhomes, trailers, campers ou outro bicho parecido.

Todos são bem vindos. Convido você a conhecer e a participar do grupo, convidar seus amigos e divulgar nele as suas sugestões de viagem e, sempre que possível, informar em suas próprias postagens ou comentando nas postagens de outros membros, dicas, opiniões, informações que você considerar importantes para nossos amigos e nossas amigas.

O QUE CONHECER, ONDE PERNOITAR...

Quem viaja de motor-casa sabe o quanto é importante saber de antemão onde vai poder parar para pernoitar com segurança e tranquilidade, onde encontrará água para abastecer seus reservatórios, energia elétrica para uma grande maioria que ainda não tem autossuficiência energética e pontos de despejo sanitário, daí a importância de todos compartilharmos nossas dicas, nos ajudando mutuamente.

E cada viajante tem um olhar só seu, uma impressão própria sobre cada lugar que visita, então não deixe de postar as suas lá no grupo, ilustrando sempre que puder com imagens, links para sites importantes, endereços, telefones, coordenadas GPS e o que mais você achar que cabe.

Só peço a todos a gentileza de não postar conteúdo alheio ao tema, especialmente política, religião, futebol, correntes e outras coisinhas que podem muito bem ser interessantes individualmente, mas que nada tem a ver com o objetivo de nosso conjunto. Belezinha?

Abraços do membro 0001.

cuide dos freios do seu motorhome

No último dia 12 (julho de 2015) um motorhome Winnebago Intruder pegou fogo em uma das ruas principais de Saint Felix de Valois, na província de Quebec, Canadá. Tudo indica que as chamas começaram nos pneus do veículo.

Felizmente o motorhome transitava por uma via ampla e não houve propagação do fogo. Um dos bombeiros teve que ser atendido por sentir-se mal com o calor excessivo, mas sem gravidade.

Independentemente da causa desse desastre, é importante estar atento para o fato que freios de veículos pesados podem travar, aquecer e provocar incêndio, a manutenção preventiva do sistema de frenagem do veículo é indispensável à sua segurança.

Na fotografia abaixo você pode observar a localização do foco de incêndio junto aos pneus traseiros do veículo e no vídeo pode ver como o fogo se propagou e o acompanhar combate realizado pelos bombeiros.



registre cada passo da sua jornada

Você quer gravar todo o trajeto da sua viagem para compartilhar com alguém? Ou quem sabe para refazer o caminho nas próximas férias? Vai fazer uma trilha a pé ou de bicicleta e quer deixar registrado?

O Google oferece a você uma excelente ferramenta para isso, o "Minhas trilhas", um aplicativo leve, prático e de graça. Pensado para atividades físicas ao ar livre, como ciclismo, corridas, caminhadas e trekking, ele é muito eficiente também para usar com veículos.

Com ele você grava cada deslocamento em um arquivo contendo mapa, gráfico de velocidade e altitude e dados estatísticos que incluem tempo, velocidade mínima, média e máxima e os mesmos registros de altitude e pode abrir a mídia gravada no Google Earth, uma outra ferramenta extremamente útil para quem viaja de motorhome, camper, trailer, carro, moto ou mesmo levando só a mochila.

JOÃOZINHO E MARIA NA FLORESTA

Sim, o app faz o papel das migalhas de pão jogadas ao longo do caminho pelo Joãozinho, o menino daquele conto infantil da casa de doces e você pode admirar os pássaros sem medo deles acabarem com suas marcas.

   

Acabe  com o medo de se perder numa pescaria, num acampamento selvagem, numa pesquisa de campo, uma trilha em área de conservação, uma incursão em busca de uma cachoeira...

Com o aplicativo você vai poder saber exatamente onde está, gravar e, desde que tenha sinal de celular e uma linha telefônica ativa, enviar sua posição para quem quiser, inclusive uma equipe de resgate.

Só não vá esquecer de levar bateria reserva, nem expor seu celular a intempéries e monitore constantemente o registro se a sua segurança depender disso.
Jamais se arrisque a entrar em locais inóspitos sem um prévio planejamento e sempre que possível faça-se acompanhar de guia, sua vida é muito preciosa para ser posta em risco. Mas nem por isso deixe de se aventurar.